A fragilidade econômico-financeira das empresas de energia controladas pelo Governo (Federal e Estaduais) refletem a precariedade de toda a cadeia de valor do setor, principalmente na geração e na distribuição.

As agências reguladoras, as empresas de pesquisa e mesmo o ministério de minas e energia, comandadas por apontados politicamente há décadas, tem mantido o Brasil num arcabouço caro, ineficiente, burocrático, mas sobretudo que perde na competição global.

Vários programas que prosperam em outros países – há anos – para oferecer competitividade adicional, do tipo ganha-ganha com uso de energia otimizado em relação ao equilíbrio entre oferta e demanda, no Brasil patinam nos corredores oficiais dos ritos longos, complicados e caros.

Neste quadro, o cliente/consumidor de energia empresarial ou institucional precisa descobrir o que faz sentido. O grande desafio é descobrir, então, quais as soluções que oferecem atratividade. Se desejar prospectar este assunto, não deixe de entrar em contato para trocar idéias!


Energy in Brazil: what are the new opportunities?

The significant increase in costs of power generation and the escalation of its volatility unequivocally shows how the energy supply scenario is “foggy”.

The economic and financial fragility of the power companies controlled by the Federal and State Governments reflects the precariousness of the entire value chain of the sector, mainly in generation and distribution.

Regulatory agencies, research companies and even the energy ministry, always commanded by politicians for decades, have kept Brazil in an expensive, inefficient, bureaucratic framework but above all, that is badly losing in the global competition. (especially among the BRICS).

Programs that have thrived in other countries – for years now – to offer additional competitiveness, an actual win-win with optimized energy use with respect to the supply-demand balance, in Brazil they skid in the official corridors of long, complicated and expensive rites.

In this framework, corporate or institutional energy users need to figure out what makes sense given the above mentioned “boundary conditions”. The big challenge is therefore finding out the attractive solutions.

If Brazil is in your radar, make sure to get in touch with me to explore your options whether as an energy user or a supplier of energy related solutions.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *