Para quem deseja olhar para o futuro e decidir sobre contratação de energia, especialmente no Brasil, há que considerar o que está em jogo.

  1. Como será a oferta de preços?

  2. Quais as alternativas passíveis de contratação?

  3. Que riscos estão “no prelo”?

  4. Quando fechar negocios?

  5. Quem deve decidir?

  6. Como comparar as alternativas?

  7. Como auditar os processos decisórios?

No Brasil, manda a tradição manda que se use a intuição, do chefe, é claro! Mas será que esta é a forma mais interessante e conveniente de se colocar diante do desafio?


Energy: The 7 Client Dilemmas

For those who want to look in the long run, and decide on power & energy contracting especially in Brazil, we must consider what is at stake.

  1. What will the price offer look like?

  2. What alternatives can be contracted? 

  3. What risks are at stake?

  4. When to close deals?

  5. Who should decide? 

  6. How to compare the available alternatives? 

  7. How to audit decision making processes? 

In Brazil, tradition dictates that the boss’s intuition is the one to be used! But is this the most interesting and convenient way to face the challenge?


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *