O Brasil está na rabeira do mercado (países emergentes) quando a comparação é custo de energia em USD/kWh.

Como mudar esta situação?

Somos o lanterninha há muito tempo. “É uma estratégia supra partidária”. Trata-se de uma “politica de estado” – se me permitem uma dose de ironia!

Na sua opinião quais as providencias que precisam ser tomadas para “virar a mesa”?

Responda e na sequencia consolidarei os retornos recebidos e publicarei os resultados.


Energy: What can we do to be competitive?

Brazil is at the bottom of the market (emerging countries) when comparing energy costs in USD/kWh.

How to change this situation?

This has been so for quite a long time. It is a “state policy” – if I may be allowed a certain irony!

In your opinion what steps need to be taken to turn around this nasty situation?

Make sure to respond and then I will consolidate the answers and publish the results.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *