Os países que estão comprometidos com competitividade no setor de energia progridem em passos largos buscando excelência.

Mais recentemente, o desafio percebido está ligado à integração de um rol de iniciativas incluindo eficiência energética, geração distribuída, resposta á demanda, entre outros, dentro de um único “guarda chuva”, integrado.

No Brasil há dois anos discutimos um fracassado projeto piloto, isolado, de resposta a demanda. Dois anos de conversas, audiências, discussões mas de fato nada de objetivo aconteceu. A lista de fatores que caracterizam o fracasso vai longe.

É a nossa indolência sistêmica que manda neste jogo. Perdemos por falta de competência institucionalizada. Não temos resultados a mostrar. O que mais precisa acontecer para que tomemos consciência coletiva que é preciso virar a mesa ?


Power in Brazil: a huge fiasco

Countries that are committed to competitiveness in the energy sector are always searching for excellence.

More recently, the perceived challenge is linked to the integration of a number of initiatives including energy efficiency, distributed generation, demand response, among others, within a single integrated umbrella.

In Brazil two years ago a pilot demand response programn was “conceived”. Lots of talks, regulations, meetings, hearings but at the end of the day a failed initiative. Nothing actually happened.

It is our systematic indolence that commands this game. We lose because of lack of institutionalized competence. We have no results to display. What else needs to happen so that we turnaround this awful situation ?


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *