Dois episódios da vida real podem ser valorosos na avaliação das percepções e expectativas em torno dos negócios de energia.destes tempos.

1°) Reunião com um comercializador de energia

O presidente de uma empresa grande estava muito preocupado com o preço e condições negociados há mais de um ano. Desejava re-negociar. Antecipadamente tinha avisado de que as chances de sucesso eram diminutas pois o comercializador teria que realizar um prejuízo importante.

O presidente desta comercializadora, uma das maiores do pais, ouviu educadamente o pleito e rapidamente ofereceu a solução: o que o senhor prefere Prozac ou Ritalina?

2°) Aconselhamento do psicanalista (meu amigo)

O paciente vinha às sessões e invariavelmente se queixava de tudo. O psicanalista ouvia diligentemente até que surgiu a oportunidade. Delicadamente informou ao paciente – de certa idade – para ter calma, que “faltava pouco”!

Nos dois casos há em comum um aspecto dos mais importantes. Choque de realidade. Algo que faz falta em muitos ambientes corporativos no tocante à energia.


Energy: are we there?

Two real-life episodes can be valuable in assessing perceptions and expectations around the energy business.

1) Meeting with a power trader

The CEO of a large company was very concerned about the price and conditions negotiated (power contract) a couple of years before. He wanted to re-negotiate. In advance I had warned him that the chances of success were slim because the trader would have to bear a significant loss.

The CEO of this power trading company one of the largest in the country, politely listened to the request and quickly offered the solution: what do you prefer Prozac or Ritalin?

2) Advice from the psychoanalyst (my friend)

The patient came to sessions and invariably complained about everything. The psychoanalyst listened carefully until the opportunity arose. He gently informed the patient – of a certain age – to be calm, because “the end is near”!

In both cases, there is an important aspect in common. Reality shock.

Something that is lacking also in many corporate environments when it comes to energy.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *