A economia andando a passos de tartaruga tem propiciado a manutenção de preços de energia muito convidativos dada a fraqueza da demanda.

Quem precisa olhar em longo prazo em seus negócios há que considerar um substancial aumento dos preços futuros. Trata-se do custo marginal da expansão (CME).

É aquele que reflete o custo de usinas novas, a serem construídas, e respeitando a matriz energética brasileira (que inclui térmicas e muito mais caras que as renováveis como hdráulicas, eólicas e fotovoltaicas).

O CME está na faixa de R$ 320/MWh. Seja muito bem vindo ao mundo dos preços futuros em forte alta.


Future power prices in Brazil

The country’s super weak economy has allowed the maintenance of very low power prices given the weakness of the demand side of the equation!

Anyone who needs to look long term has to consider a substantial increase in future prices. It is about the marginal cost of expansion (MCE).

It is the one that reflects the cost of new plants, to be built, and respecting the Brazilian power matrix (70% renewable and 30% thermal).

The MCE is in the range of R$ 320/MWh (USD 80/MWh). Welcome to a way more expensive power prices future!


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.