Os países ricos souberam gerar riqueza. Os pobres não.

Há muitas décadas, talvez até séculos, a grande maioria dos países permaneceu pobre.

Isto a despeito de possuírem sempre uma casta amparada fortemente pelo Estado através de seus Executivos, Legislativos e Judiciários que mantém uma pequena fração da população em situação equivalente aos dos países ricos.

O reflexo na energia é a falta de competitividade. A tônica é ir transferindo para os custos todas as ineficiências, os “gatos”, os calotes oficiais (como os R$ 8 Bilhões ref CCEE), as empresas pertencentes ao Estado sorvedouros de recursos, a falta de programas tão exitosos em outros países com Demand Response, Bring Yuor Own Device e a lista vai longe.

Até quando a comparação é com os BRICS – nossos concorrentes mais diretos – vemos que nosso custo em USD/MWh é o mais caro.

O que fazer para virar esta situação que atravessa governos, partidos, e discursos sem fazer qualquer cerimônia?


Energy and wealth of nations

Rich countries knew and know how to generate wealth. The poor not.

Many decades ago, perhaps even centuries, the vast majority of countries remained poor.

This, in spite of always having a strongly supported cast by the State through its Executives, Legislatives and Judiciaries that keep a small fraction of the population in a situation equivalent to those of the rich countries.

The effect on the energy arena is the lack of competitiveness. The prevalent idea is to transfer all inefficiencies to the costs, the power theft, the official defaults (such as the USD 2 Billion by the official power clearinghouse, CCEE), the companies belonging to the State always in the red, the lack of such successful programs in other countries like Demand Response, Bring Your Own Device and the list goes on.

Even when the comparison is with the BRICS – our most direct competitors – we see that our cost in USD/MWh is the most expensive.

What can we do to turn this situation?


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *