Depois de São Paulo, empresas de patinetes elétricos buscam outros locais do Brasil

Após uma regulamentação ” a jato”  e que prejudicou muito as empresas empreendedoras de aluguel de patinetes elétricos na capital paulista, duas das principais empresas prestadoras do serviço na capital paulista focam na expansão para os próximos meses, mirando seus alvos para outros estado brasileiros.

A FlipOn quer começar a operar em sete estados: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Goiás, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. A Scoo, por sua vez, planeja ampliar a frota de 300 para 2.500 patinetes até o final do ano no estado de São Paulo e pensa em expandir suas operação para outros lugares. Na capital paulista, todas as empresas que investiram e  a “apostaram suas fichas” neste mercado foram seriamente prejudicadas e têm enfrentado dificuldades para para se adequarem às regras da Prefeitura.

Ainda existem muitas irregularidades no uso, como por exemplo, os donos particulares de patinetes que andam sem capacete e em vários lugares da cidade, fora das ciclovias e de lugares seguros (vide foto acima).

Vejam a nota completa a Nota na Folha de São Paulo sobre patinetes

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *