Após a Amazon anunciar seu plano de criar uma constelação de satélites, Elon Musk acusou a empresa de plágio, em referência ao seu projeto Starlink e troca ofensas com Jeff Bezos

O controverso Elon Musk andava muito quieto. Com a Tesla sofrendo para entregar seus carros no prazo, e após perder o cargo de CEO de sua montadora, o polêmico bilionário andava comedido em suas declarações pessoais. Andava, porque em 9/4, ele reacendeu uma antiga rixa com um antigo inimigo: Jeff Bezos.

Em 2015, o fundador da Amazon tuitou o vídeo de um foguete de sua empresa espacial, a Blue Origin, realizando um pouso bem sucedido, feito raro e que Bezos exaltava. Musk não gostou daquilo e respondeu que a SpaceX, sua empresa espacial, já começou a trabalhar em projeto similar, oStarlink. Foi então que começou uma troca de mensagens passivo-agressiva entre os dois inovadores.

A conversa pública entre os dois voltou a acontecer nesta semana quando a revista MIT Techonology Review publicou uma matéria sobre os planos da Amazon em lançar uma constelação de satélites, o chamado “Project Kuiper”. A ideia não é nova, uma vez que a SpaceX já começou a produção dos aparelhos que irão ao espaço. A questão é que Musk fez questão de ressaltar seu pioneirismo na questão via Twitter acusando a Amazon de plágio.

A equipe do Project Kuiper recentemente contratou Rajeev Badyal para liderar a empreitada, uma vez que ele era um dos principais executivos do Starlink, mas foi demitido por Musk por insatisfação em relação ao ritmo do trabalho. Talvez este tenha sido um dos motivos porque Musk tenha ficado incomodado e furioso com a notícia.

Fonte: Isto É Dinheiro

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *