O dólarcomercialfechou esta quarta-feira (4) em alta de 0,45%, cotado a R$ 3,913 na venda. Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,4%. O dia foi de poucos negócios, com os mercados nos Estados Unidos fechados por causa do feriado do Dia da Independência.

Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, fechou em alta de 1,46%, a 74.743,11 pontos. É o quinto avanço seguido da Bolsa, que subiu 1,14% na véspera.

Leia também:

Embraer sobe 3,7% e Eletrobras salta 18%

Entre os destaques da Bolsa, as ações da Embraer subiram 3,73%, a R$ 26,95, após notícia de que o governo deu aval para o prosseguimento do acordo entre a fabricante de aviões brasileira e a norte-americana Boeing.

A maior alta do dia foi da Eletrobras, cujas ações dispararam 17,99%, a R$ 15,81. Na noite de terça-feira (3), a Câmara dos Deputados aprovou regime de urgência para o projeto que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela estatal, o que significa que a matéria será analisada diretamente pelo plenário.

Os papéis da Petrobras (+5,43%), do Banco do Brasil (+2,87%), do Itaú Unibanco (+1,62%), do Bradesco (+1,4%) e da mineradora Vale (+0,15%) também tiveram ganhos. Essas empresas têm grande peso sobre o Ibovespa.

Temores de guerra comercial

Investidores continuavam de olho na cena externa, com temores sobre a guerra comercial. Na sexta-feira (6), os EUA devem iniciar a taxação sobre produtos chineses, o que deve gerar retaliações.

Além disso, o mercado aguardava a divulgação da ata do Fed (Federal Reserve, banco central do país) e de dados sobre empregos, o que pode trazer sinais sobre as próximas altas de juros. Taxas maiores nos EUA tendem a atrair para lá recursos aplicados hoje em outras economias, como a brasileira.

(Com Reuters)


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *