O ranking 2016 INTERNATIONAL ENERGY EFFICIENCY SCORECARD  publicado pelo American Council for an Energy-Efficient Economy é o resultado de um levantamento realizado junto aos 23 países top de consumo de energia, que agregadamente absorvem 75% da energia do planeta e representam 80% do PIB global.

O critério do ranking foi lastreado em métricas. Colaboraram para a feitura do documento brasileiros da UNICAMP e da ELETROBRAS.

O Brasil está na posição 22 dos 23 países listados. Penúltimo lugar em eficiência energética. Perdemos dos desenvolvidos, é claro, mas o que chama a atenção é que há uma lista de países em desenvolvimento que estão bem à frente do Brasil.

A pergunta mais importante que este documento sucita, para nós brasileiros, é quando tomaremos consciência da realidade nua e crua dos fatos?

Nosso trato com a eficiência energética é lastimável. Não se trata da minha opinião pessoal. É o resultado objetivo de um trabalho de uma instituição renomada internacionalmente e composta por experts de muitos países.

Estamos perdendo e feio na competição global. Que este ranking sirva de um “despertador”.


Energy efficiency: Brazil’s score

The 2016 INTERNATIONAL ENERGY EFFICIENCY SCORECARD ranking published by the American Council for an Energy-Efficient Economy is the result of a survey of 23 top energy consuming countries, which aggregate 75% of the world’s energy and account for 80% of global GDP.

The ranking criterion was backed by metrics. Collaborated for the making of the this document Brazilian experts from UNICAMP and ELETROBRAS.

Brazil ranks 22 out of the 23 countries listed. Penultimate place in energy efficiency. We lose for the developed countries and for most developing countries.

The most important question that this document raises, for us Brazilians, is when will we become aware of the naked truth?

Our way to deal with energy efficiency is regrettable. This is not my personal opinion. It is the objective result of a work of an internationally renowned institution composed of experts from many countries.

We are badly losing the global energy efficiency competition. May this ranking serve as a wake up call.

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *