A CCEE publicou hoje os dados de consumo de energia referente ao mês de maio. De acordo com os dados apresentados hoje, o consumo de energia no SIN (Sistema Interligado Nacional) recuou 0,8% em relação a maio de 2017. Dois fatores explicam este declínio: (i) menor temperatura; e (ii) greve dos caminhoneiros.

A greve dos caminhoneiros teve o seu ápice no início de junho, porém os seus efeitos puderam ser sentidos na última semana de maio. Como resultado, o ONS (Operador Nacional do Sistema) efetuou dois cortes nas estimativas de carga para o mês de junho, provocando uma redução de 562 MW médios no mês.

A boa notícia fica por conta da forte recuperação do consumo de energia elétrica desde o término da greve. O consumo médio que vinha na faixa dos ~60 GW médios e recuou para ~54 GW médios no auge da greve dos caminhoneiros, retornou ao patamar anterior à crise.

Fonte: ONS

Tal fato, combinado com o cenário hidrológico recessivo (ENA abaixo da MLT) observado nas últimas semanas, contribui para alimentar a atual tendência de alta nos preços de energia.

Fonte: BBCE e Pontoon-e


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *