Home>Price & Strategy>Clima>Condições de chuva aumentam no Sul do BR
Clima Price & Strategy

Condições de chuva aumentam no Sul do BR

Canalenergia |

Acesse a notícia original aqui.

Nesta quarta-feira (28), último dia do mês de fevereiro a circulação dos ventos sobre o Brasil está levando mais ar quente e úmido para o Sul do país o que facilita a formação de nuvens carregadas.

Uma área de baixa pressão atmosférica que está sobre o Paraguai também ajuda a formar nuvens carregadas que avançam para o Sul.  Vários locais do interior e noroeste do Paraná já amanheceram o dia com chuva. Dados do Inmet, mostram que ontem (27), na região de Planalto, foram registrados 54 milímetros de chuva entre 21h00 de ontem e 5h00 da madrugada desta quarta-feira.

Em Marechal Cândido Rondon choveu 45,6 milímetros entre 3h00 da madrugada e 08h00 da manhã de hoje (28). Ontem já havia chovido forte em vários locais de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, inclusive sobre as capitais.

No decorrer desta quarta-feira as nuvens carregadas se espalham pelo Sul e a previsão indica mais pancadas de chuva durante a tarde e a noite nos três estados. Nas capitais, Porto Alegre, Florianópolis e Curitibahá risco de chuva de moderada a forte intensidade.

O primeiro dia de março irá começar com a presença de uma área de baixa pressão atmosférica que continuará favorecendo a formação de nuvens carregadas sobre quase toda a Região. O sol aparece as nuvens aumentam e as pancadas de chuva com raios acontecem a tarde e a noite. A chuva tende a ser mais frequente e eventualmente forte no Paraná e em Santa Catarina. Não há risco para tempestades no extremo sul gaúcho.

Até domingo (04), as áreas de instabilidade continuam ativas sobre o Sul e fortes pancadas de chuva podem ocorrer nos três estados da Região. Uma frente fria deve chegar ao Rio Grande do Sul na próxima segunda-feira (05).       

Chuva de fevereiro nas capitais

De uma forma geral, o mês de fevereiro foi de pouca chuva no Sul do Brasil. As duas capitais Curitiba e Florianópolis fecharam o mês com chuva abaixo da média. Em Curitiba, choveu 101 milímetros, 29% abaixo da média que é de 142 milímetros.

Em Florianópolis, a chuva de fevereiro ficou 35% abaixo da média. Segundo o Inmet – Instituto Nacional de Meteorologia, do dia 01/02 até 9h00 da mannhã do dia 28/02 choveu aproximadamente 129 milímetros e a média para fevereiro é de 197 milímetros.

Já em Porto Alegre, choveu 119 milímetros e este volume de chuva ficou 20% acima da média que é de 99 milímetros. 

Leia também: Fevereiro termina com umidade alta e mais chuva em SP

Grandes ondas entre Amapá e o Rio Grande do Norte 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *