Com a diversificação da matriz (sol, vento, água, gás, biomassas, e biodiesel) surgem novos desafios pois cada fonte tem suas particularidades e custos associados.

Minha sugestão é a de que cada cliente livre ou especial, consumidor de energia elétrica, deveria contratar um “pacote” de energia que atendesse a sua demanda, conforme o seu perfil kW x horas.

De acordo com a fonte haveria que incluir uma parte de energia firme para assegurar que “o que falta” fosse contratado. Assim cada cliente pagaria pelo seu “pacote”, evitando distribuir para os demais um custo que é de fato só seu.

Se a fonte fosse a solar, por exemplo, o cliente haveria que contratar a energia daquela parte das 24 horas que não é produzida pelo sol e mais uma provisão para os dias nublados e/ou com baixa insolação.

Esta é uma maneira de resolver o desafio lastro x energia de forma equitativa. Cada um pago o seu custo.


Brazil: an energy supply suggestion

With the diversification of the Brazilian power matrix (sun, wind, water, gas, biomass, and biodiesel) new challenges arise as each source has its own particularities and associated costs.

My suggestion is that each deregulated energy user, should contract a “package” of energy that meets its demand, according to the kW x hours.profile.

If the source were solar, for example, the customer would have to contract also non-solar energy for that part of the 24-hour that the sun is not there..

This is one way to solve the challenge capacity x energy – equitably. Each one pays its own cost.


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *