REUTERS | A China reduziu sua nova taxa de empréstimo de referência nesta terça-feira, como esperado, conforme o banco central inicia reformas da taxa de juros para reduzir os custos de empréstimos corporativos no país.

tookapic / Pixabay

Mas a pequena redução na principal taxa de empréstimo (LPR) reflete a contínua relutância dos bancos chineses em reduzir seus custos de empréstimo e enfrentar margens de lucro menor. Isso tem alimentado expectativas de que o governo precisará cortar os juros novamente em breve de alguma forma para sustentar as empresas.

O Banco do Povo da China designou no sábado a LPR como novo referencial para novos empréstimos bancários a famílias e empresas, substituindo a taxa de um ano do banco central.

A nova LPR de um ano CNYLPR1Y=CFXS foi estabelecida em 4,25% nesta terça-feira, de 4,31% anteriormente. Ela está 10 pontos básicos abaixo da taxa de um ano do banco central.

A nova taxa de referência é calculada a partir de contribuições de preços de um grupo maior de bancos do que antes, incluindo alguns pequenos que juntos tendem a ter maiores custos de financiamento e maior exposição à inadimplência.


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *