O desenvolvimento de novos veículos elétricos está caminhando muito bem na Volkswagen, a evolução é percebida pela direção da empresa, e provavelmente terá mais projetos de veículos elétricos nos próximos anos do  que as demais montadoras, mas a empresa admite que espera que estes projetos podem ter custos elevados, em comparação com a concorrência que está progredindo e reduzindo seus custos.

Segundo Herbert Diess, diretor executivo da VW, em uma entrevista para o boletim interno da empresa (via Bloomberg), “O ônus para nossa empresa, como o custo de colocar no mercado carros elétricos, será maior do que o esperado. Isto é particularmente verdade, uma vez que alguns dos nossos concorrentes têm feito mais progressos.”

O CEO da WV não especificou exatamente qual montadora está fazendo progresso, mas muitos deles estão atualmente em uma corrida para reduzir os preços dos veículos elétricos. Atualmente todas as montadoras estão trabalhando em modelos elétricos, além de baterias e recarregadores, buscando eficiência e redução de custos do produto final.

Recentemente o CEO da aliança Renault-Nissan-Mitsubishi afirmou em entrevista que é a “única montadora que está ganhando dinheiro vendendo carros elétricos”. O objetivo da VW é continuar lucrativa mesmo com o importante aumento de veículos elétricos em seu mix de vendas. Um dos veículos mais críticos em termos de preço será aquele baseado no ID da VW, conceito, que eles planejam ser produzido em massa e “competitivo com o Tesla Model 3”.

Nos EUA a fabricante Tesla, tem passado por dificuldades para controlar seus custos de produção, mas admite que deverá atingir o “break-even” e se tornar ser lucrativa até o final do ano.

Herbert Diess da VW ressaltou que, “Precisamos de lucros  maiores para financiar nosso futuro. Quatro por cento é um mínimo, 5 por cento a 6 por cento permitem alguns investimentos futuros e com 7 por cento a 8 por cento estamos prontos para crise.”

Um dos itens mais caros dos veículos elétricos é seu pacote de baterias, e seu fornecimento limitado poder se tornar um dos maiores riscos de custo, razão pela qual a VW se antecipou e já concedeu US $ 48 bilhões em contratos de baterias de veículos elétricos para apoiar seu plano de produzir mais de 1 milhão de veículos elétricos por ano até 2025 entre todas as suas marcas.

A Audi será a primeira com um veículo elétrico de última geração e, em seguida, uma série de novos veículos serão lançados no mercado pela Porsche, VW e outras marcas.

Fonte: Electrek / Frederic Lambert


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.