Após a estreia do Brasil na Copa do Mundo, a rampa de carga teve uma elevação de 6.138 MW em 30 minutos, enquanto antes do jogo, houve uma redução de 2.160 MW no mesmo tempo. Os dados são de boletim da Copa do Mundo, divulgado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico.

O informativo mostra que nas primeiras horas do dia do jogo, a carga estava 1.000 MW acima da observada em um domingo normal. Às 14h30min, a rampa de redução ficou em 2.160 MW por meia hora. Quando o jogo começou, foi observada uma rampa de redução de 1.886 MW em 22 minutos. Já no primeiro tempo, a diferença média de carga observada nesse período foi de 2.265 MW em relação a um domingo norma e no intervalo, em 10 minutos, a rampa de crescimento chegou a 2.696 MW.

Ainda segundo o boletim, a rampa de redução de carga registrou 1.396 MW no começo do segundo tempo. Durante o segundo tempo, a diferença média de carga observada nesse período foi de 3.849 MW em relação a um domingo normal.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *