A produtora canadense de módulos fotovoltaicos da Canadian Solar anunciou hoje que obteve um financiamento no valor de 225,2 milhões de reais (cerca de 55 milhões de dólares) do Banco do Nordeste do Brasil (BNB) para o projeto Lavras de 152, 4 MWp, localizado no Ceará.

A maior parte da energia gerada pelo projeto Lavras, que a Canadian Solar recebeu no leilão federal A-4 do Brasil em abril de 2018, será comprada de um PPA pela COPEL Energia, parte do Grupo COPEL, uma das dez principais empresas de marketing de energia do país.

A construção está prevista para começar em 2021 e os projetos atingem a operação comercial antes do final de 2022.

Lavras é o quinto projeto solar para o qual a Canadian Solar recebe financiamento do BNB, como disse Shawn Qu, Presidente e CEO da Canadian Solar. Desde o início de 2019, a Canadian Solar garantiu 1.007 milhões de reais (US $ 247 milhões) no financiamento de projetos solares com o BNB. Esses projetos serão alimentados por módulos solares canadenses de alta eficiência, incluindo os módulos BiHiKu, de acordo com a empresa.

A Lavras faz parte de um portfólio de 482,6 MWp cuja participação de 80% foi vendida em agosto de 2019 para a Nebras Power Investment Management BV, subsidiária holandesa da empresa do Catar, Nebras QPSC, que por sua vez é uma joint venture da Companhia de Água e Eletricidade do Qatar (QEWC), que possui uma cota de 60%, e a Qatar Holding, proprietária da cota restante.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *