A Califórnia acaba de emitir o sinal mais claro de que a geração de energia em telhados está deixando de ser um nicho do mercado e se tornando apenas mais um acessório nas residências. Embora seja uma medida que deva impulsionar a industria da geração solar os profissionais da construção adiantam que isto deverá aumentar o preço das residências em média  por volta de USD 10 mil.

Este requisito para a moradia faz parte do esforço do governador Jerry Brown para reduzir as emissões de carbono em 40% até 2030 e oferece um modelo para outros estados nos Estados Unidos. Alguns movimentos no mercado acionário já demonstram esta tendência. A Sunrun, maior instaladora de painéis solares residenciais dos EUA, chegou a valorizar 6,4% antes de fechar a US$ 9,83 em Nova York na quarta-feira. A Tesla subiu 1,7%, e a SunPower, quase 7%. Já a KB Home, grande construtor de casas na Califórnia que tem grande exposição na Califórnia caiu 5,3%.


Veja a notícia na íntegra em https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2018/05/10/california-passa-a-exigir-energia-solar-em-novas-residencias.htm

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *