A gerente de ativos canadense Brookfield Renewable Partners LP, juntamente com seus parceiros institucionais, anunciou nesta segunda-feira em seu site que fechou um contrato para a aquisição de um projeto de desenvolvimento solar avançado de 1.200 MW no Brasil, cuja conclusão está prevista para o início 2023. A empresa alega que a transação está sujeita às condições habituais de fechamento e espera-se que ocorra no quarto trimestre de 2020.

Aproximadamente 75% da eletricidade gerada a partir do projeto está vinculada a um PPA de longo prazo.

O capital total necessário para concluir o projeto deverá ser de aproximadamente US $ 200 milhões, segundo a empresa.

A Brookfield entrou no mercado brasileiro em maio deste ano após a aquisição de todas as ações da Newen no complexo fotovoltaico Alex, composto por nove usinas, totalizando 270 MW. O projeto, localizado no Ceará, foi o vencedor do leilão realizado pela Aneel em abril de 2018 e entrará em operação em 2022, previsivelmente.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *