No papel o Brasil é uma democracia vigorosa. Na realidade não é bem assim. Historicamente a renda per capta é a de um pais pobre.

No papel, a regulação do setor elétrico estabelece que as redes de energia estejam livres e desimpedidas especialmente de galhos e troncos de árvores. Não é o que acontece no bairro onde moro. E de longe!

No regramento da cidade, claro as invasões são ilegais. Mas estão aí sistemicamente sob a complacência oficial e até mesmo encabeçadas por políticos bem votados, do conhecimento de todos.

A lei do PSIU estabelece os decibéis máximos que os munícipes devem respeitar. Quem mora em São Paulo convive com emissões de som de bailes funk, bares, boates e “raves” que sistemicamente impedem uma noite de sono dos vizinhos.

Pelas leis só se pode abrigar na sua residência até 10 animais. No bairro onde moro há uma lista de casas que possuem dezenas e alguns casos centenas de animais (principalmente cachorros).

As regras de construção e de uso do solo são muito rígidas quanto ao meio ambiente. Mas uma olhada de fora e sem grandes investigações, observa-se que a grande maioria das residências não tem habite-se. Em muitos casos o esgoto vai direto para a rua!

E o pior, não adianta “denunciar”.


Real Brazil vs. Legal Brazil

On paper Brazil is a vigorous democracy. In reality it is not quite like that. Historically, per capita income has been that of a poor country.

On paper, the regulation of the electric sector establishes that the electric distribution system should be free and unimpeded, especially of branches and tree trunks. It is not what happens in the neighborhood where I live. And by far!

In the city’s regulations, invasions are illegal. But they are there systematically under official complacency and even headed by well-voted politicians, known to all.

The PSIU law establishes the maximum decibels that municipalities must respect. Those who live in São Paulo live with sound emissions from funk balls, bars, raves and nightclubs that systemically prevent a night’s sleep from their neighbors.

Under the laws, you can only house up to 10 animals in your home. In the neighborhood where I live there is a list of houses that have dozens and in some cases hundreds of animals (mainly dogs).

The rules of construction and land use are very strict regarding the environment. But the vast majority of residences have no official approval. In many cases the sewer goes straight to the street!

Worst of all, even if you repot these law violations, nothing really happens!


 

Compartilhe:
Rafael Herzberg
Rafael Herzberg é consultor independente para assuntos de energia por mais de 30 anos. Premiado no Brasil e Estados Unidos por cases de eficiência energética, geração on-site e projetos to-the-fence. Palestrante no Brasil e Estados Unidos em eventos de energia. Presta consultoria para clientes consumidores de energia (indústria, comércio e instituições), ofertantes de soluções em energia, concessionárias e comercializadores de energia além de ser convidado para atuar em casos de arbitragem de contratos de energia.
http://pontoon-e.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *