O maior banco do Brasil e da América Latina, o Banco do Brasil SA (BB), decidiu lançar dois novos leilões para comprar energia de usinas solares alugadas.

O banco disse que pretende comprar eletricidade para 122 de suas agências no estado da Bahia e 33 agências no estado do Ceará.

Com essa medida, o BB estima uma economia de R$ 56 milhões em contas de energia elétrica. Na Bahia, o banco espera contratar cerca de 8 GWh por ano, enquanto na outra unidade federal pretende comprar 2 GWh por ano, respectivamente.

Toda a energia produzida pelas instalações solares será injetada na rede elétrica e deduzida das contas de energia do banco, de acordo com as regras de geração líquida, que no Brasil são aplicadas a todos os geradores de energia solar com capacidade de até 5 MW

As chamadas públicas serão feitas por plataformas eletrônicas em 3 de fevereiro, às 9h30, para o Ceará, e às 13:00, para o Pará.

Três licitações semelhantes foram lançadas pelo banco em setembro. Nesse caso, o banco queria comprar eletricidade para 96 ​​de suas agências no Distrito Federal, na região Centro-Oeste e nos estados de Goiás e Pará, por um total de 6 GWh por ano.

Naquela época, o BB informou ainda que já haviam sido realizados dois leilões do mesmo tipo para suas 200 agências no estado de Minas Gerais, que é a unidade federativa do Brasil com os maiores preços de energia, juntamente com São Paulo e Rio de Janeiro.

Imagem: Wikimedia Commons, Patrick


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *