O diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, que também preside a  Associação Ibero-americana de Entidades Reguladoras de Energia (Ariae), assinou ontem 28/3, no Palácio do Itamaraty, em Brasília, memorando de entendimento entre a Ariae e a Secretaria Geral Ibero-americana (Segib), com o objetivo de formular estratégias conjuntas e atividades para o desenvolvimento de uma regulação mais eficiente na região.
Com o memorando de entendimento, a Ariae e a SEGIB, organismo de apoio à Conferência Ibero-americana, pretendem compartilhar conhecimentos, desenvolver atividades em parceria, unificar esforços e experiência, colaborar na difusão de melhores práticas regulatórias e fortalecer o desenvolvimento regional.

Pepitone destacou, durante a solenidade de assinatura, que a troca de experiências entre os países da região leva ao aprimoramento da regulação. “Quando compartilhamos conhecimento, identificamos as melhores práticas e agregamos sinergia à regulação”, disse, acrescentando que a regulação, em si, “é um vetor de aproximação regional”.Rebeca Grynspan ressaltou o papel da regulação na universalização do acesso à energia elétrica. “ A regulação é um elemento fundamental para levar energia limpa a todos”, disse.

A Ariae reúne 27 organismos reguladores de energia de 20 países ibero-americanos. Pepitone, que exercia o cargo de vice-presidente da entidade desde 2015, foi eleito presidente da associação em maio do ano passado, para um mandato de três anos. A ANEEL é o primeiro órgão brasileiro a ocupar a presidência da Ariae.

Na foto:o acordo foi assinado por Pepitone e pela secretária-geral da Segib, Rebeca Grynspan.
Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *