O “pregão” desta quinta-feira (10/05) mais uma vez foi marcado pela incerteza quanto ao impacto que a frente fria que se aproxima no S e que também passará pelo SE/CO terá sobre o PLD em ambos os submercados. De uma forma geral os traders estão receosos de que venha a se repetir o mesmo movimento de queda observada no início de abril, quando os preços do contrato de Jun/18 recuaram de R$250/MWh para algo próximo de R$160/MWh. Como resultado, os agentes que na média vinham carregando uma posição long (Comprada) neste contrato, iniciaram um movimento de venda mais agressivo para reduzir as perdas potenciais.

Ao longo do dia e, como uma resposta à forte queda observada no dia anterior, os agentes começaram a reavaliar os riscos potenciais e a mensurar os possíveis impactos desta frente fria sobre os preços dos submercados S e SE/CO.

Diante disto, decidimos realizar algumas sensibilidades de preço e cenários a fim de avaliar os possíveis riscos implícitos no call.

Nossos modelos indicam que um PLD (SE/CO) em junho próximo de R$200/MWh estaria diretamente associado à combinação de uma ENA >110% no S e uma ENA >92% no SE/CO. Já um PLD próximo de R$160/MWh demandaria a combinação de uma ENA >125% no S e >98% no SE/CO. Vale ressaltar que nosso cenário base (R$316/MWh) contempla uma ENA =72% no S e ENA =83% no SE/CO.

Como resultado deste verdadeiro “quebra-cabeça” envolvendo cenários, probabilidades e da forte queda observada no “pregão” anterior, todos os contratos negociados na BBCE registraram uma ligeira recuperação. O contrato para entrega de energia em Mai/18 subiu +3,1% (R$270/MWh). Já os contratos de Jun/18 e Jul/18 subiram respectivamente +6,8% (R$203/MWh) e +4,9% (R$215/MWh). Os contratos do bimestre Mai/18-Jun/18, 3o Tri/18, 4o Tri/18 e 2o Sem/18 também registraram alta, porém de menor magnitude (+3,6%, +1,4%, +5,0% e +3,0%).

Liquidez salta com receio de forte recuperação da ENA no S e no SE/CO

A liquidez dos contratos negociados na BBCE e acompanhados pela Pontoon-e (Mai/18, Jun/18, Jul/18, Ago/18, bimestre Mai-Jun/18, 3o Tri/18, 4o Tri/18 e 2o Sem/18), voltou a registrar queda (205,1 MW médios), em relação ao pregão do dia 09 (243,2MW médios), porém manteve-se acima da média dos últimos cinco dias (181,5 MW médios).

O contrato mais negociado do dia foi novamente o contrato de Jun/18 com 95,5 MW médios (174,2 MW médios no dia anterior), seguido pelo contrato de Mai/18 com 91,3 MW médios (25,0 MW médios no dia 08). Além destes, também foram negociados os contratos de Jul/18 (1 MW médio), Bimestre Mai-Jun/18 (6 MW médios) , 3o Tri/18 (2 MW médios), 4o Tri/18 (3 MW médios) e do 2o Sem/18 (6,3 MW médios).

Fonte: BBCE

Trade call mantido

Em nosso último post sugerimos a manutenção das posições compradas nos contratos de Mai/18, Jun/18 e Bim. Mai-Jun/18, à despeito de toda a discussão em torno da chegada da frente fria no S.No nosso entender, o risco de uma queda do contrato de Jun/18 para um patamar abaixo de R$190/MWh existia, porém vislumbrávamos uma perda potencial naqueles níveis de preço maior para o agente que optasse por se desfazer da posição.

Nossa opinião em nada mudou. Vemos um downside potencial de R$30/MWh – assumindo uma ENA em junho próxima de 100% (82% nossa projeção oficial) no SE/CO e >125% no S –, o que implicaria em uma redução do atual preço para um patamar próximo de R$160/MWh. Por outro lado, qualquer frustração quanto a melhora da ENA no S, pode facilmente empurrar este preço para um patamar próximo de R$230-240/MWh. Ou seja, estamos falando de uma perda potencial de R$30/MWh e um ganho potencial de R$40-50/MWh.

Em síntese, sugerimos a manutenção da posição long (comprada).

Pontoon-e: Dispersão Preço (R$/MWh)Fonte: BBCE, Pontoon-e & EIG

Portfólio Sugerido Pontoon-e

Para os agentes interessados em um portfólio de contratos a Pontoon-e sugeriu a seguinte alocação: (i) Mai/18: 30%; (ii) Jun/18: 50%; e (iii) Mai/18-Jun/18: 20%.

Até o momento nossas sugestões de trade tem registrada lucro teórico de R$10/MWh no contrato Mai/18, perda de R$15/MWh e R$15/MWh nos demais contratos. A performance do portfólio até dia 10/Mai está negativa em R$7,44/MWh e está associado à forte queda do contrato de Jun/18 nos últimos pregões.Tal fato deve-se à expectativa de elevação da ENA no final de maio, com entrada de uma frente fria no S.

Pontoon-e: Trade Calls Sugeridos & PerformanceFonte: Pontoon-e


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *