A Hyundai fechou acordo para desenvolver projetos de armazenamento de energia utilizando baterias usadas provenientes de veículos elétricos.

By Hyundai -Sistema de Gerenciamento de Baterias, Patente da Hyundai

Atualmente, os fabricantes de automóveis têm duas opções principais quando se trata de administrar baterias usadas de veículos elétricos, elas podem ser utilizadas em aplicações de armazenamento de energia ou reciclá-las usando seus materiais.

A opção da Hyundai foi de criar novos projetos e utilizar as baterias usadas em aplicações de armazenamento de energia. A montadora coreana escolheu a Wärtsilä, uma empresa de tecnologia que trabalha em soluções completas de ciclo de vida para os mercados marítimo e de energia, como “uma parceria comercial e tecnológica projetada para utilizar baterias de veículos elétricos de segunda vida para o crescente mercado de armazenamento de energia”.

Em 2017 as vendas líquidas da Wärtsilä totalizaram 4,9 bilhões de euros, com aproximadamente 18.000 funcionários. A empresa tem operações em mais de 200 locais em mais de 80 países em todo o mundo.

A posição da montadora foi comentada pelo Vice-Presidente Executivo da Divisão de Estratégia e Tecnologia e Diretor de Inovação da Hyundai Motor Group, Dr. Youngcho Chi, que disse que:

“o armazenamento de energia é o próximo passo lógico no uso pós-venda de baterias EV, dos veículos elétricos. Ao reutilizar produtos com uso intensivo de recursos, como baterias EV, eliminamos os custos de descarte e aumentamos o valor do investimento em P & D investido na fabricação da tecnologia. A Hyundai está fortalecendo sua liderança em tecnologia limpa e sustentabilidade participando do novo negócio de energia”.

Há algum tempo a Hyundai vem desenvolvendo o projeto de um pequeno sistema de armazenamento de energia com capacidade de 1 MWh, reutilizando baterias dos modelos Hyundai IonIQ Electric e Kia Soul EV.

Este projeto está sendo desenvolvido na fábrica da Hyundai Steel, e vai servir como um “projeto modelo”, com perspectivas de ampliação num horizonte de curto-prazo, com base na crescente demanda de veículos elétricos.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *