São Paulo, 28/06/2018 – O diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), André Pepitone, disse há pouco que a decisão judicial que suspendeu o início do leilão de transmissão foi tomada a pedido da JAAC Materiais e Serviços e de Engenharia Ltda.

O pedido de suspensão, “até ordem em sentido inverso”, foi feito após a empresa não ter sido habilitada para participar do certame. De acordo com Pepitone, o aporte de garantias feito pela empresa não estava condizente com os preceitos da licitação, por isso ela foi inabilitada.

“A pretensão da empresa é de participar do leilão, então estamos nós, junto com a AGU, os representantes da empresa e os advogados deles, para garantir a participação dela e não suspender o leilão”, disse.

Pepitone disse que os representantes da JAAC concordaram em buscar uma decisão judicial que garanta a participação da empresa no certame, sem a suspensão da licitação, e já há conversas com o Tribunal Regional Federal da primeira região no sentido de reverter a decisão. “Esperamos que isso aconteça nos próximos momentos”, disse.

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.