A diretoria da ANEEL decidiu, nesta terça-feira (11/02), homologar parcialmente e adjudicar o correspondente objeto do Leilão nº4/2019-ANEEL (denominado A-6 de 2019). O certame é destinado à contratação de novos empreendimentos de geração de energia elétrica a partir de fontes hidrelétrica, eólica, solar fotovoltaica e termelétrica, com início de suprimento em 1º de janeiro de 2025.

Na 1ª Reunião Pública da ANEEL de 2020 em (21/1), a diretoria já havia homologado parcialmente e adjudicado o objeto deste Leilão às proponentes vencedoras responsáveis por 58 dos 91 empreendimentos. Após análise documental, a Agência indica que, além desses 58 empreendimentos, outros 16 atendem aos requisitos para habilitação estabelecidos no Edital.

A habilitação dos demais agentes, responsáveis pelos 17 empreendimentos remanescentes, segue em fase de análise, em face de pendências documentais.

Confira, na tabela a seguir, os empreendimentos homologados nesta etapa:

No certame foram contratados 91 empreendimentos de geração, sendo: 27 hídricos, 44 usinas eólicas, 11 usinas solares fotovoltaicas e 9 usinas térmicas (6 movidas a biomassa e 3 a gás natural), totalizando 1.155 MW médios de energia contratada.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *