Uma forte área de baixa pressão atmosférica atua entre o norte da Argentina, o Paraguai, o Sul do Brasil, o Uruguai e o Paraguai. Isto está gerando nuvens bastante carregadas e também aumentando a intensidade dos ventos sobre o Sul do Brasil. Na manhã desta segunda-feira, 11 de junho, as rajadas de vento já chegavam aos 100 km/h na região serrana do Rio Grande do Sul. Mas outros locais deste estado também registram intensas rajadas de vento, superiores a 80 km/h.

Em São José dos Ausentes, as rajadas de vento começaram superar os 90 km/h entre 8 e 9 horas da manhã e chegaram aos 103 km/h entre 11 horas e meio-dia, pela medição do Instituto Nacional de Meteorologia.

Em Canela, também na serra gaúcha, o INMET registrou 93 km/h na noite do domingo. Em Cambará do Sul, Passo Fundo e em Serafina Correa, as rajadas variaram de 80 km/h a 85 km/h entre a noite do domingo, 10, e o fim da manhã desta segunda-feira.

Em Chapecó, no oeste de Santa Catarina, o aeroporto local registrou uma rajada com 40 nós (aproximadamente 72 km/h) por volta das 12h30 desta segunda-feira.

A imagem captada pelo satélite GOES 16 mostra nuvens carregadas (formações arredondadas) sobre diversas áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

Alerta de ventania

O alerta para ventania vale para toda a Região Sul. As rajadas de vento pode passar um pouco dos 100 km/h nos três estados por causa da passagem de nuvens carregadas e até mesmo sem estar chovendo. A pressão atmosférica permanece muito baixa.

Durante a terça-feira, 12 de junho, o risco de ventania nos estados do Sul do Brasil permanece alto, com rajadas da ordem de 100 km/h.

Frente fria forte

A terça-feira, 12,  é de alerta para tempo severo na Região Sul, com risco de chuva volumosa, muitos raios, queda de granizo e ventania especialmente sobre Santa Catarina e no Paraná. A forte área de baixa pressão atmosférica que atua entre o Brasil, o Paraguai, o Uruguai e a Argentina, reforça uma frente fria que avança sobre o Sul do Brasil. Esta frente fria vem trazendo uma intensa massa de ar frio de origem polar que vai fazer a temperatura cair ainda mais na Região Sul durante a quarta-feira. 13 de junho.

Geada

A temperatura entra em declínio no Sul do Brasil nesta terça-feira, 12, mas na quarta-feira pode voltar a gear em áreas do Rio Grande do Sul por causa do frio intenso. Faz muito frio no Sul e tem previsão de geada até o domingo. Confira a previsão para a Região Sul!

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *