Potencializar a atratividade do Brasil como destino estratégico para investimentos estrangeiros em projetos de energia é um dos principais objetivos do acordo de cooperação técnica assinado nesta quinta-feira (10/10) em São Paulo pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A parceria prevê a dedicação de esforços mútuos para atrair capital estrangeiros para o setor de energia elétrica brasileiro por meio da realização de atividades relacionadas à inteligência, promoção e facilitação de investimentos. Investidores estrangeiros já presentes no país também serão apoiados por meio do trabalho conjunto da ANEEL e Apex-Brasil.

“O acordo vai impulsionar ainda mais os investimentos estrangeiros no setor elétrico, que já é um dos principais destinos do capital internacional no Brasil. Temos hoje, em geração, transmissão e distribuição, investidores espanhóis, italianos, franceses, portugueses, chineses, indianos, colombianos e de muitos outros países. A regulação segura e estável feita pela ANEEL favorece a atração desse capital. E agora, com a parceria com um órgão que tem excelência na promoção comercial do Brasil, como a Apex-Brasil, vamos buscar ainda mais recursos para o setor”, comenta Pepitone.

“A parceria permitirá divulgarmos oportunidades para investidores estrangeiros de maneira estruturada e priorizada por fonte e mercado. Além disso, fortalecerá a imagem da Apex-Brasil como ponto de referência e fonte de informação para investidores estrangeiros que buscam negócios no Brasil”, acredita Segovia.

O acordo prevê fortalecer a expertise da ANEEL na promoção do reconhecimento sólido e transparente do marco regulatório do Brasil e a elaboração de estratégia coordenada com as embaixadas e escritórios internacionais da Apex-Brasil para fomentar a atração de investimentos no setor elétrico.

A atuação da ANEEL como órgão regulador foi recentemente reconhecida por uma das principais agências internacionais de avaliação de risco, a Standard & Poor´s, que produziu um relatório afirmando que a atuação firme e segura da ANEEL garante previsibilidade à regulação do setor elétrico brasileiro, assegurando a atração de investimentos.

O acordo foi sacramentado pelo diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, e pelo presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia, durante a 3ª edição do Brasil Investment Forum (BIF).



 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *