Depois da fala de Rodrigo Maia, presidente da Câmara, que a privatização da Eletrobras será rápida, as ações da estatal dispararam na Bolsa de Valores em alta histórica

A sessão é de ganhos para a bolsa brasileira, com os investidores à espera da ata do Federal Open Market Committee (Fomc) e repercutindo a fala de Paulo Guedes de uma lista de privatização de 17 companhias a ser anunciada ainda na noite nesta quarta-feira 21/8. Na lista, estão empresas como Eletrobras (ELET3, R$ 45,13, +12,71%; ELET6, R$ 45,13, +12,12%) e Telebras (TELB4, R$ 31,11 +30,28%), que veem seus papéis subirem forte.  Na máxima do dia, os ativos TELB4 chegaram a disparar 42,67%.Os ativos da Eletrobras, por sua vez, que abriram em alta de cerca de 3% com a notícia, passaram a saltar 12% no começo da tarde de hoje após o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmar que o governo encaminhará nos próximos dias, “mas de forma organizada”, projeto para a Eletrobras, afirmando que já há quase consenso sobre o PL para a desestatização da companhia.

O Ministro Guedes não quis falar sobre as 17 empresas, mas a imprensa apurou que serão estas as privatizadas:

  • Emgea (Empresa Gestora de Ativos);
  • ABGF (Agência Brasileira Gestora de Fundos Garantidores e Garantias);
  • Serpro (Serviço Federal de Processamento de Dados);
  • Dataprev (Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social);
  • Casa da Moeda;
  • Ceagesp (Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo);
  • Ceasaminas (Centrais de Abastecimento de Minas Gerais);
  • CBTU (Companhia Brasileira de Trens Urbanos);
  • Trensurb (Empresa de Trens Urbanos de Porto Alegre S.A.);
  • Codesa (Companhia Docas do Espírito Santo);
  • EBC (Empresa Brasil de Comunicação);
  • Ceitec (Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada);
  • Telebrás;
  • Correios;
  • Eletrobrás;
  • Lotex (Loteria Instantânea Exclusiva);
  • Codesp (Companhia Docas do Estado de São Paulo)

Fontes: Info Money, Estadão e FSP

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *