Campanha já atingiu 20 leitos de UTI e a meta é chegar a outros 40

A Abraceel está coordenando com as comercializadoras de energia do Brasil duas ações solidárias para atender o público carente vítima desta pandemia do Covid 19. “Temos consciência do papel social que o mercado livre de energia deve ter num momento tão delicado que a população do Brasil e do mundo vivem nesse momento. A proposta de nossas ações é amenizar o sofrimento de quem mais precisa de socorro e cuidados”, comenta o Presidente do Conselho de Administração da Associação, Ricardo Lisboa.

A primeira iniciativa social auxilia diretamente pessoas infectadas e em tratamento com a construção de 60 leitos de UTI para hospitais da cidade de São Paulo, o Estado mais afetado pelo vírus. Serão ampliadas as capacidades de atendimento e internação nos hospitais municipais M’Boi Mirim – Dr. Moysés Deutsch e Vila Santa Catarina – Dr. Gilson e Cássia Marques de Carvalho, esse em estado de demanda crítica desde o início de abril. No M’Boi Mirim serão entregues 40 novos leitos de UTI para adultos e no Vila Santa Catarina 20.

Cada leito novo de UTI terá um custo de 150 mil reais com uma cama hospitalar, um respirador/ventilador mecânico, um monitor multiparamétrico e bombas de infusão. A administração operacional ficará por conta do Hospital Israelita Albert Einstein e no final dessa pandemia todos os leitos com suas estruturas médicas serão incorporados aos respectivos hospitais. Ambos são públicos e pertencem à rede municipal da cidade de São Paulo.

A segunda ação social do mercado cria melhores condições para que pais e mãos de famílias carentes possam permanecer em suas casas. A Abraceel neste caso está direcionando recursos financeiros para o Projeto UniãoSP, que utilizará o RenovaBR para distribuir cestas básicas nos bairros carentes da cidade de São Paulo, via subprefeituras – todas administradas por profissionais do RenovaBR.

Embora iniciada dentro da Associação, a solidariedade atingiu todo o mercado e até empresas não associadas fizeram a sua contribuição. Até o momento, a campanha já atingiu a meta de 20 leitos de UTI e mais de 4 mil cestas básicas. Cada UTI tem o potencial de salvar 1 vida a cada 15 dias, ou seja, já são 40 vidas por mês potencialmente salvas na iniciativa.

Lisboa convida todo o mercado para participar dessa campanha e lembra que “todas as doações serão enviadas diretamente aos parceiros sociais da ação, Hospital Albert Einstein, UNIÃOSP e Renova BR”. A Abraceel está funcionando como um agente promotor e facilitador do processo. As doações da primeira ação social para os leitos hospitalares podem ser feitas diretamente no link: https://www.einstein.br/pages/formulariodoacoesabraceel e para as cestas básicas: https://www.uniaosp.org.

Até o fechamento desta edição já arrecadamos o suficiente para a construção de 20 leitos de UTI e para a compra de 4 mil cestas básicas. Mais uma vez o presidente do Conselho da Abraceel Ricardo Lisboa agradece a ajuda de todas as comercializadoras associadas e lembre que doações de outras empresas que não sejam associadas e pessoas físicas também serão muito bem vindas para essa causa. Todos podem participar nos links que apresentamos e comunicar sua participação à Abraceel através do e-mail angela@abraceel.com.br. Todas as quantias doadas permanecerão sob sigilo.

Sobre a Abraceel

A Abraceel – Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia defende o direito da livre escolha do fornecedor de energia elétrica, a chamada portabilidade da conta de luz, e de gás natural pelos consumidores. Foi fundada no ano 2000 e atualmente conta com 95 empresas associadas, que comercializam 85% do volume de energia elétrica do segmento. Tem a finalidade de atuar junto à sociedade em geral, formadores de opinião, órgãos de governo, incentivando a livre competição de mercado como instrumento de eficiência nas áreas de energia elétrica e gás natural. Nos últimos 16 anos, os consumidores do Mercado Livre de energia elétrica economizaram aproximadamente 118 bilhões de reais nas contas de eletricidade. Atualmente esse mercado representa 30% de toda a energia elétrica consumida no Brasil e atende a cerca de seis mil consumidores livres e especiais, que estão entre os maiores do país. Nesse particular, merece destaque que os preços da energia no Mercado Livre foram em torno de 29% menores que as tarifas reguladas das distribuidoras no mesmo período.


 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *