Home>Power News>ABEEólica comemora decisão do Brasil de ingressar na IRENA
Power News

ABEEólica comemora decisão do Brasil de ingressar na IRENA

ABEEólica | A Comissão Interministerial de Participação em Organismos Internacionais do Governo Federal aprovou na quarta-feira (17/01), por unanimidade, o início do processo de adesão do Brasil à Agência Internacional de Energia Renovável (IRENA).

“Esta é uma ótima notícia e que esperávamos com ansiedade porque, na prática, significa um grande avanço para as energias renováveis de baixo impacto, como é o caso da energia eólica. Nos últimos anos, o Brasil já vem apresentando ótimos resultados em relação à importância da eólica na matriz elétrica, com crescimento sustentável e sucessivos recordes de geração. Fazer parte da IRENA certamente nos coloca num novo patamar de maturidade perante a comunidade internacional. Tenho certeza que temos muito a aprender e a ensinar fazendo parte da IRENA”, avalia Elbia Gannoum, Presidente Executiva da ABEEólica, a Associação Brasileira de Energia Eólica.

A IRENA possui hoje 152 países membros e cerca de 30 países estão em processo de adesão, como o Brasil. Criada em 2009, a agência tem realizado um trabalho sério, sistemático e profundo, o que a colocou, em pouco tempo, numa posição de autoridade mundial em energia renovável. Os estudos realizados pela agência, por exemplo, são largamente utilizados por empresas e órgãos governamentais, uma vez que trazem leituras de cenário amplas, de alta inteligência, produzidas por profissionais com grande conhecimento do setor. Um dos últimos estudos divulgados pela agência, por exemplo, o “Renewable Power Generation Costs in 2017”, trouxe um panorama da queda dos custos das renováveis ao redor do mundo, fato este que estamos constatando nos últimos leilões realizados no Brasil e em outros países.

“Foi uma atuação certeira do Governo Brasileiro que nos trará resultados positivos concretos. Com seus mais de 500 parques eólicos em operação, produtividade bem acima da média mundial, leilões com alta competitividade e um crescimento sustentável da fonte eólica com benefícios sociais concretos, acredito que o Brasil tem muito a contribuir nas discussões da IRENA. Além disso, temos muito a ganhar com o aprendizado de outros países e certamente nos beneficiaremos muito do conhecimento que a agência tem acumulado“, resume Elbia Gannoum.

Para saber mais sobre a IRENA, veja aqui

Para consultar dados atualizados sobre energia eólica, consulte o InfoVento, o infográfico da ABEEólica que resume os principais dados do setor.

Para acompanhar notícias do setor, visite o site da ABEEólica ou siga as redes sociais da Associação.

Sobre a ABEEólica

A ABEEólica congrega mais de 100 empresas de toda a cadeia produtiva do setor eólico e tem como principal objetivo trabalhar pelo crescimento, consolidação e sustentabilidade dessa indústria no Brasil.

http://www.abeeolica.org.br/noticias/abeeolica-comemora-ingresso-do-brasil-na-irena/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *