A ABB registrou lucro líquido de US$ 681 milhões no segundo trimestre, crescimento de 30% na comparação com US$ 525 milhões do ano anterior. O Ebitda operacional cresceu 12% no período de comparação, para US$ 1,16 bilhão. A receita cresceu 5%, totalizando R$ 8,88 bilhões. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira, 20 de julho.

“No segundo trimestre, impulsionamos o crescimento dos pedidos em todas as divisões e em todas as regiões. Graças aos nossos contínuos esforços de produtividade, melhoramos nossa margem e atingimos crescimento de dois dígitos no EPS operacional “, disse em nota o CEO da ABB, Ulrich Spiesshofer. “Com foco disciplinado na execução implacável, nossas quatro divisões continuam sua transição para eficiência e eficácia de classe mundial,” acrescentou. “Esses resultados mostram que estamos entregando nossa transformação nos últimos anos.”

Segundo a ABB, os sinais macroeconômicos estão tendendo positivamente na Europa e nos Estados Unidos, com a expectativa da China continuar em crescimento. O mercado global está crescendo, com incertezas geopolíticas em várias partes do mundo. Os preços do petróleo e os efeitos da conversão cambial deverão continuar influenciando os resultados da empresa.

A ABB também informou que concluiu a aquisição da GE Industrial Solutions dentro do prazo esperado e iniciou, “em velocidade máxima”, a integração com os novos colaboradores.


 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *