Hoje, 29/10, a Eletrobras emitiu Comunicado ao Mercado (link) esclarecendo que, em complemento o prazo de adesão ao
Plano de Demissão Consensual da Eletrobras (“PDC”), originalmente divulgado para o mercado no dia 15 de outubro de 2018, foi prorrogado para o dia 9 de novembro de 2018. Na data do anúncio inicial, 15/10, a análise da Pontoon-e (link) lembrou que o plano, elaborado segundo as diretrizes do Plano Diretor de Negócios e Gestão para o período de 2018 a 2022 (“PDNG 2018-2022”, vide link), era mais uma fase do plano estratégico da estatal para reduzir custos com pessoal. A meta atual da Eletrobras (link) é o desligamento de 2.281 empregados, e caso esta meta seja atingida, estima-se uma economia para a Companhia de cerca de R$ 660 milhões/ano a um custo aproximado de R$ 730 milhões.

Fonte: Agência Eletrobras de Notícias (link), Eletrobras.

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.